Histórias Nada Sérias

Histórias Nada Sérias, de Maria Valéria Rezende, reúne 24 contos escritos para as reuniões do Clube do Conto da Paraíba, que reunia um grupo de autores em João Pessoa. A cada reunião era escolhido um tema e os participantes traziam suas produções para serem lidas, criticadas ou elogiadas uns pelos outros, numa espécie de grande oficina colaborativa de escrita criativa. Valéria menciona que se tratava de uma oportunidade única de aprendizado. Para o leitor, também cabe aprender e divertir-se com as histórias aqui reunidas.

Os contos são díspares, mas guardam alguma consistência, não soam como um amontoado. Há boa dose de ironia, o que traz a gostosa sensação constante de alegria durante a leitura. No mais, o uso de diversas técnicas de composição dos contos apresenta-se como boa oportunidade de aprendizado (para os que querem escrever).

É um livro generoso, breve, leve e, meticulosamente, bem escrito.

Não pude conter o sorriso, o espanto e o deslumbramento com os contos. Desde o frenético Zumbi, que abre o volume, passando por A Capa, pelo hilário A chave, o sensível e cotidiano (não sei se o melhor adjetivo) Happy Hour, os irônicos Epitáfio e Quase tudo, o singularíssimo Medo (que conto arretado), culminando com o excelente Vidraça.

Como não bastasse, a premiada Maria Valéria Rezende, lança-o por uma editora pequena, a Escaleras, da poeta e editora Débora Gil Pantaleão, cujo trabalho de edição e diagramação merecem destaque. Além da capa maravilhosa de Ícaro Medeiros. É uma celebração à literatura contemporânea e a todos os editores e editoras independentes cuja força, trabalho e resiliência tem nos concedido ótimas obras.

CRÉDITOS
Livro: Histórias nada sérias
Autora: Maria Valéria Rezende
Editora: Escaleras
Ano de lançamento: 2017

About Ivandro Menezes

Nascido em Mamanguape, Paraíba, em 1980. É professor da Universidade do Estado da Bahia, em Paulo Afonso. Na maioria dos dias, contenta-se em ser pai, esposo e professor; quando não, escreve contos.

View all posts by Ivandro Menezes →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *