Coração Consumido

coração
subjetivo-abstrato
adocicado
invadido
comido-devorado
usado-subjugado
por ser doce demais
num mundo dominado por
formigas
devoradoras-canibais
que em forma estratégica
se posicionam
para que não sobrem
pedaços banais
de açucarados-poéticos
amores-entregas
que mesmo comidos-consumidos
ainda machucam
imaginações-criações autônomas ilusionistas-iludidas confidenciais

Alanna Fernandes

About Alanna Fernandes

escreve poesia, produz áudio-visuais doidera e compõe umas canção tristona no violão

View all posts by Alanna Fernandes →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *